www.ynternix.com

Diferenças entre USB 2.0 e 3.0

Qual a diferença entre USB 2.0 e 3.0? Saiba tudo sobre as principais mudanças que afetam essa tecnologia.
Publicado em: 07 mai, 2013 às: 19:11Atualizado em: 24 set, 2013 às: 23:47
Perfil do Google: Sr.YT Perfil do Facebook: Ynternix Tec Perfil do Twitter: @ynternix YouTube: Canal YT
Diferenças entre USB 2.0 e 3.0

Diferenças entre USB 2.0 e 3.0

O USB é uma conexão que é capaz de unir com muita facilidade um periférico a um aparelho eletrônico, como notebooks, computadores, pendrives, HD externos, etc. Isso você já deve saber, mas qual a diferença entre USB 2.0 e 3.0?

A versão 2.0 foi padronizada nos anos 2000, ganhando uma grande fama por ser rápida na transferência de arquivos. Já o USB 3.0 ganhou mais destaque em 2009. Entre uma versão e outra, a maior diferença que se pode ver de cara é a velocidade:

As principais diferenças entre o USB 2.0 e 3.0

Para você ter uma ideia, a versão 3.0 chega a ser quase 10 vezes mais rápida do que a anterior. Enquanto que o USB 2.0 mal consegue uma velocidade de 480 Mb/s, o 3.0 faz brincando os 4.8 Gb/s, ou seja, em poucos segundos você terá transferido mais de 5 GB de dados, pelo menos é o que promete.

A estrutura do conector é praticamente a mesma nas duas versões, permitindo a compatibilidade de ambos. Você pode usar o USB 3.0 em entradas 2.0. A diferença é apenas a cor azul, presente nas conexões 3.0, como mostra a imagem abaixo:

USB 3.0

USB 3.0

Outra pequena mudança na nova versão é o baixo consumo de energia. O USB 3.0 só utiliza a eletricidade apenas em uso, caso contrário, entra em modo standby.

O USB 3.0 também é full-duplex, ou seja, capaz de transferir e receber dados ao mesmo tempo, o que não acontece nas conexões 2.0.

Resumindo, o USB 3.0 possui mais vantagens do que o USB 2.0, sendo capaz de transferir e receber dados mais rápidos, é ful-duplex e possui menor consumo de energia.

2 Comentários publicados

  1. Grato pela informação.
    Não consegui achar a data da postagem do artigo e percebi que o mesmo ocorre com os outros, não havendo autor ou referência.
    Sendo este um site de informação tecnológica, não seria o caso referenciá-las para sabermos o quão atualizadas elas estão?
    Grato

Artigos mais recentes